Guia básico do monitoramento de cargas!

A importância do monitoramento de cargas é bem reconhecida pela grande maioria das empresas brasileiras, independentemente do seu segmento.

Para que você possa esclarecer todas as suas dúvidas sobre monitoramento de cargas, preparamos este artigo especial.

Trata-se de um guia básico, que reunimos algumas informações importantes sobre esse processo que está diretamente ligado ao sucesso no transporte de cargas.

Boa leitura!

1. O que é monitoramento de cargas

O monitoramento de cargas é o processo logístico que possibilita o acompanhamento em tempo real da situação da carga, do veículo que a transporta, desde o momento do carregamento até a entrega no destino final.

Assim, o monitoramento de cargas permite a coleta e análise de informações sobre a rota seguida pelo veículo, prevendo potenciais riscos e perdas da carga durante o processo de transporte.

2. Conheça o Datalong16, dispositivo que possibilita o monitoramento de cargas

A Datalong16 é uma empresa especializada em internet das coisas e monitoramento, eles desenvolveram um dispositivo de monitoramento de cargas, que é capaz de verificar a localização da frota e controlar as condições da carga.

Com esse sistema de monitoramento é possível ter controle exato sobre a localização geográfica da carga transportada e se algo acontecer com a carga durante o processo de transporte você é rapidamente avisado e consegue tomar as ações necessárias.

Essa tecnologia é indicada para controlar o ciclo frio, congelados, produtos químicos, remédios, vacinas e órgãos nos quais essas condições são determinantes para manter a qualidade do mesmo. Esse dispositivo pode ser usado não apenas durante o transporte, mas em todo o ciclo de vida dos produtos, podendo ser colocado nas câmaras frias, nos veículos de transportes, nas gôndolas, reduzindo perdas e aumentando o controle.

Por conta do uso de tecnologias similares, muitos gestores costumam comparar o monitoramento de cargas com o rastreamento, o que é um total equívoco.

3. Entenda a diferença entre rastreamento e monitoramento de cargas

O rastreamento de cargas é uma tecnologia muito mais simples, que faz parte do conjunto de ações de acompanhamento em tempo real de uma carga, desde o ponto de partida até o momento da entrega.

O rastreamento é o processo de sinalização desenvolvido para localizar uma carga, utilizado nas situações de desaparecimento ou roubo, utilizando, sinais de radiofrequência para localização.

Já com o sistema de monitoramento de cargas você não apenas verifica a localização da carga, mas também controla as condições de: temperatura, pressão, aceleração, impactos sobre o produto. O dispositivo Datalong16 da GED  & AP Tecnologia, é capaz de fornecer alertas para informar gestores, motoristas e responsáveis pela carga ou pátio sobre as condições de armazenamento. Em tempo real você pode ter informações sobre todas as condições de armazenamento em seu pátio, suas gôndolas, caminhões, armazéns e outros meios e locais de armazenamento.

4. Quais são os benefícios do uso de monitoramento de cargas 

Os principais benefícios que podemos abordar são:

– Acompanhamento de ocorrências com a carga em tempo real;

– Possibilidade de alterar a rota com a carga já em movimento, para evitar atrasos e perdas;

– Prevenção de roubos e de acidentes e a melhoria da comunicação entre gestores e motoristas.

5. Entenda o impacto positivo da tecnologia no monitoramento de cargas

Conforme já abordamos ao longo desse artigo, a implementação da tecnologia no monitoramento de cargas ainda é um desafio para algumas empresas.

Por outro lado, o uso dessa tecnologia está otimizando todas ações relacionadas ao acompanhamento de todas as etapas do transporte de cargas, desde o local de origem até a chegada ao destino final.

E chegamos ao fim do nosso guia básico do monitoramento de cargas! Com esse nosso nosso artigo, você aprendeu um pouco sobre o que é monitoramento de cargas e quais são os desafios e os benefícios desse processo para a as empresas de logística.

Quer saber mais sobre monitoramento de cargas e como o nosso dispositivo pode ajudar na melhoria do transporte? Fale conosco. 

Saiba como usar dados de forma inteligente

A internet é onipresente e através de históricos de navegação conseguimos gerar uma enorme quantidade de dados, que aliados com a tecnologia, têm impulsionado e transformado o mundo negócios, principalmente, nas ações de marketing.

Os dados são muito poderosos, mas precisam ser gerenciados de maneira certa e responsável, pelos profissionais de marketing, ajudando os na tomada de decisão. 

Fato é que a tecnologia e as ferramentas estão mudando tão rápido que nenhum indivíduo sozinho consegue acompanhar esse ritmo.

Por isso, neste artigo levantamos algumas formas de usar esses dados. Vamos lá?

Qual o tipo de dados que a sua empresa precisa?

Ao longo dos últimos anos, o marketing foi se revolucionado permitindo que as marcas entreguem mensagens muito mais segmentadas e assertivas para os seus consumidores.

A partir disso, começou a gerar uma enorme quantidade de dados, gerados com base nas inúmeras mídias digitais, dispositivos, plataformas e canais, onde os profissionais de marketing têm a oportunidade de oferecer experiências de compra melhores.

Mas isso também significa que os marqueteiros têm uma série de questões a serem feitas, por exemplo, é preciso entender qual a tecnologia a ser utilizada para atingir as melhores metas de negócios, quais fontes de dados devem ser explorados ou como gerar dados úteis para as ações.

Essas questões já são conhecidas por esses profissionais há bastante tempo, mas elas se tornaram mais complexas à medida que a escala das informações aumentou.

Quais as diferenças entre as métricas?

Como classificar quais os dados são “bons” e quais são “ruins”. Isso pode ser feito com base nas ferramentas certas, que devem ser escolhidas ao coletar, armazenar e analisar esses dados.

O primeiro passo é coletar as informações, das mais variadas fontes como: pedido de vendas, interações com clientes, pesquisas, redes sociais, entre outras. Uma vez que esses dados são coletados, devem ser analisadas e convertidas em métricas úteis para sua empresa. 

Descobrir como extrair esses dados

Os dados sozinhos são simplesmente uma coleção de informações, eles se tornam úteis para a empresa apenas quando são analisados e transformados em insights.

Essas informações geradas são muito privilegiadas e ajudam as empresas a entender o que os clientes estão comprando, quando estão comprando e muito mais.

Centralizar os dados para planejar as ações de marketing

A forma de se comunicar com o consumidor mudou, as marcas não estão mais limitadas a simplesmente interagir com consumidor, fazer com que eles entrem em uma loja e comprem um produto. Hoje temos empresas de diversos segmentos com estratégias para se comunicar com os consumidores em todos os canais de comunicações, como e-mail, site e posts em mídias sociais. E manter o controle de todas essas interações é um desafio enorme.

Uma vez que essas informações são coletadas e analisadas adequadamente, podem servir para alcançar mais efetivamente o público-alvo.

Prever o comportamento do consumidor

Um dos recursos mais interessantes para os departamentos de marketing das empresas é o uso de dados para prever o comportamento do consumidor. 

Usando dados de perfil de audiência para prever o que os clientes querem, os profissionais de marketing conseguem ser muito mais proativos, vendendo produtos, criando relacionamentos de longo prazo com os consumidores e determinando mudanças de mercado diante dos concorrentes.

Mas infelizmente, muitas empresas ainda demoram para adotar novas tecnologias, como a inteligência artificial, apesar dos benefícios que elas oferecem. Porém, é apenas uma questão de tempo até que isso mude nos próximos anos.

As novas tendências do mercado estão mudando rapidamente e obter insights antes da concorrência será crucial.

Curtiu as nossas dicas de como usar os dados para suas ações de marketing? Que saber como utilizar a inteligência artificial como uma poderosa arma para aumentar suas vendas? Fale conosco!