Como a IA pode identificar tickets de suporte

Um dos usos mais perspicazes que podemos dar às inteligências artificiais é identificar as solicitações de suporte em uma empresa. Ao preencher uma solicitação, é comum o usuário escrever um texto explicando qual o problema. Com o uso de inteligências artificiais, é possível identificar imediatamente as solicitações e roteá-las para uma resposta automática. Mas existem sistemas baseados apenas em palavras que podem fazer essa identificação? Sim, existem, mas algumas questões precisam ser pensadas.

Em primeiro lugar, necessitamos associar os artigos às palavras, e não apenas em uma língua. Em casos de produtos multilíngues precisamos integrar esses artigos a uma lista de palavras em diferentes idiomas. Em segundo lugar, é preciso revisar as listas de palavras e os artigos, para verificar se o percentual de acerto na oferta de soluções é significativo. E, por fim, muitas vezes, o usuário ao escrever uma palavra pode ser roteado para um determinado artigo, mas o sentido da frase não tem a ver com a palavra utilizada.

Esses sistemas de envio automático a possíveis soluções podem ser bastante frustrantes para o usuário se ele não fornecer respostas adequadas. As IA´s podem então fornecer uma melhor solução porque não necessitam de uma lista de palavras para entender nem o significado das perguntas nem o sentido das respostas. Usando machine learning e deep learning, a ferramenta de IA pode entender ambas as questões e direcionar com maior acerto os usuários para as possíveis soluções dos problemas e, com isso, oferecer ganhos reais à corporação.

E que ganhos seriam esses? Primeiro, o usuário pode resolver alguns dos problemas antes de enviar ao suporte, reduzindo o tempo de espera. Segundo, conseguimos diminuir a fila do suporte de software, pois se os próprios usuários conseguem resolver as questões mais básicas, o suporte remoto fica para as questões mais complexas ou que envolvam intervenção local. Por último, é possível identificar os problemas e soluções encaminhados, por meio de consulta do que já foi resolvido na base de suporte e, com isso, montar as soluções que faltam para reduzir ainda mais essas questões.

Peça mais informações sobre nossa IA e descubra como ela pode ajudar nos casos de tickets de suporte

Utilizando IA para o Marketing Político

 

Com a proximidade das eleições uma das questões que já vem sendo debatidas na mídia é o uso de IA no entendimento dos eleitores. Mais do que apenas acompanhar os eleitores que apoiam e os eleitores que combatem seu candidato, é preciso entender os indecisos. É esta grande parte do eleitorado que irá decidir não só essa mas como a maior parte das eleições futuras.

O uso de IA como o Luminoso permite aos avaliadores e planejadores de  campanha que temas e qual o posicionamento sobre esses temas os indecisos se identificam e assim poder medir a aderência de seus candidatos as expectativas dos eleitores.

Quanto mais entendemos sobre esses eleitores e sobre seus posicionamentos mais e melhor podemos pensar as estratégias de marketing de campanha para impressionar e atingir esse eleitor

O Luminoso é capaz de ler o que foi escrito em pesquisas, sac, e-mails, facebook e internet. E transformar isso em uma mapa de calor (positivo, neutro e negativo) indicando os assuntos mais importantes ao centro e os menos importante na periferia.

Ele pode também agrupar esse entendimento não só baseado nas palavras mas no conteúdo e na relação entre as palavras. Quando nos comunicamos utilizamos diferentes palavras para comunicar o mesmo significado.

Com isso podemos planejar melhor o posicionamento, os assuntos a serem abordados e o impacto que pode ter na retenção da atenção. Melhorando o rendimento dos investimento em marketing digital nas campanhas politicas.

A revolução dos dados através da Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial vem ganhando destaque nesses últimos anos, pois mojistamos vivendo em um mundo cada vez mais conectado e inteligente. A sua chegada trouxe grandes mudanças na maneira como pessoas e empresas se relacionam com a tecnologia e como as coisas funcionam. Por exemplo, podemos conectar um ferramenta de CRM no seu e-mail para saber quais emails são prioritários, ou instalar ferramentas de Chatbot para atender seus clientes. E toda a tecnologia por trás de todos estes avanços está relacionada diretamente com Inteligência Artificial (IA).

O conceito de o que é Inteligência Artificial foi moldado por filmes de Hollywood, mas está em nossas imaginações e laboratórios desde o ano de 1956 quando, em Dartmouth College nos EUA, um grupo de cientistas inaugurou um projeto de pesquisa para “Inteligência Artificial”. Foi ali o primeiro uso do termo e, desde então, vemos um aprimoramento dessa tecnologia ao decorrer do tempo.

Ao longo do tempo, a ciência evoluiu em temas particulares e foi aí que IA passou a gerar resultados importantes para as nossas vidas. Foi juntando reconhecimento de imagem, com processamento de linguagem, redes neurais e mecânica automotiva que um carro autônomo se tornou possível.

O importante para nós é que IA está tornando todas as nossas experiências cotidianas mais inteligentes. Como? Embutindo análises e outras técnicas de em apps que usamos no dia-a-dia, como:

O Siri age como um assistente pessoal, usando processamento natural de linguagem;

Facebook e Google Fotos sugerem tags de fotos e agrupamentos baseados em reconhecimento de imagem;

O Waze fornece otimização de rotas em tempo real.

Com todo esse avanço, uma empresa americana desenvolveu uma ferramenta de inteligência artificial, chamada Luminoso Analytics, criada com o objetivo de entender não somente a linguagem, mas também gírias e contexto em diferentes línguas, permitindo o máximo de correlações entre os dados textuais disponíveis à sua empresa.

Com essa tecnologia, é possível facilitar o entendimento das experiências dos clientes, realizar a gestão de produtos e marcas, compreender as necessidades de suporte e auxílio à gestão por meio da criação de relações entre as diferentes entradas de dados dos clientes.

Veja o vídeo abaixo explicando melhor sobre a ferramenta.

 

Podemos concluir que a inteligência artificial como a capacidade de máquinas de pensarem como seres humanos – de terem o poder de aprender, raciocinar, perceber e decidir de forma racional e inteligente. Quer saber mais a respeito? Fale conosco agora mesmo.