A revolução dos dados através da Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial vem ganhando destaque nesses últimos anos, pois mojistamos vivendo em um mundo cada vez mais conectado e inteligente. A sua chegada trouxe grandes mudanças na maneira como pessoas e empresas se relacionam com a tecnologia e como as coisas funcionam. Por exemplo, podemos conectar um ferramenta de CRM no seu e-mail para saber quais emails são prioritários, ou instalar ferramentas de Chatbot para atender seus clientes. E toda a tecnologia por trás de todos estes avanços está relacionada diretamente com Inteligência Artificial (IA).

O conceito de o que é Inteligência Artificial foi moldado por filmes de Hollywood, mas está em nossas imaginações e laboratórios desde o ano de 1956 quando, em Dartmouth College nos EUA, um grupo de cientistas inaugurou um projeto de pesquisa para “Inteligência Artificial”. Foi ali o primeiro uso do termo e, desde então, vemos um aprimoramento dessa tecnologia ao decorrer do tempo.

Ao longo do tempo, a ciência evoluiu em temas particulares e foi aí que IA passou a gerar resultados importantes para as nossas vidas. Foi juntando reconhecimento de imagem, com processamento de linguagem, redes neurais e mecânica automotiva que um carro autônomo se tornou possível.

O importante para nós é que IA está tornando todas as nossas experiências cotidianas mais inteligentes. Como? Embutindo análises e outras técnicas de em apps que usamos no dia-a-dia, como:

O Siri age como um assistente pessoal, usando processamento natural de linguagem;

Facebook e Google Fotos sugerem tags de fotos e agrupamentos baseados em reconhecimento de imagem;

O Waze fornece otimização de rotas em tempo real.

Com todo esse avanço, uma empresa americana desenvolveu uma ferramenta de inteligência artificial, chamada Luminoso Analytics, criada com o objetivo de entender não somente a linguagem, mas também gírias e contexto em diferentes línguas, permitindo o máximo de correlações entre os dados textuais disponíveis à sua empresa.

Com essa tecnologia, é possível facilitar o entendimento das experiências dos clientes, realizar a gestão de produtos e marcas, compreender as necessidades de suporte e auxílio à gestão por meio da criação de relações entre as diferentes entradas de dados dos clientes.

Veja o vídeo abaixo explicando melhor sobre a ferramenta.

 

Podemos concluir que a inteligência artificial como a capacidade de máquinas de pensarem como seres humanos – de terem o poder de aprender, raciocinar, perceber e decidir de forma racional e inteligente. Quer saber mais a respeito? Fale conosco agora mesmo.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!